sábado, 2 de agosto de 2008

FONIX!!! HÁ TINTO EM MARTE!!!



É só ao ver as noticias que cada vez mais me convenço que os americanos e a história da ida à lua são um embuste. Agora dizem que descobriram agua em marte, haverá maior parvoíce que esta? Então o homem faz uma viagem sideral, e gasta uma fortuna para descobrir agua?

A meu ver amigos isso é meter agua, não acham?

Mas nós chegamos lá primeiro para descobrir a derradeira especiaria nunca comercializada no tempo das índias, o néctar dos deuses. O TINTO!!! E eu vou vos contar como foi:

O ano passado a contas com a vida, sem dinheiro para mais uma carruagem do tgv, José Sócrates gritou eureca e chamou António Nunes director da asae e disse-lhe:

-Antonio vais inspeccionar bares, restaurantes, leitarias e bolas de berlim em Marte!

-Em Marte senhor primeiro-ministro? Mas lá não há nada! - Afirmou este com espanto.

-Há sim e eu vou provar!

Dito e feito José Sócrates chamou a são Bento Luís Filipe Vieira, director da agencia espacial portuguesa a U.V.A. "universo vem aqui" para o encarregar de uma tarefa inter planetária.

E assim começou a odisseia. A nave enviada continha como carga principal um intrumento de estudo, uma sonda de valor incalculável, a experiente sonda enóloga FONIX. A viagem de três meses com uma paragem em canal caveira para um cozido regado com um piriquita do outro mundo tinha como capitão o grande toni, e como imediato o intrépido chalana. O hall, o cérebro desta odisseia era o novo computador para crianças, o Magalhães, quase todo de fabrico português, bem demos o nome o que já é importante...

Mas chega de revelar a nossa tecnologia podem os americanos ler isto, para dizer que chegamos mesmo a marte! Chegamos e disparamos a FONIX a uma velocidade tál que a sonda se espalhou toda ao comprido em Marte abrindo uma cratera e deixando a descoberto um garrafão de tinto, tudo isto acompanhado na nave ao som do coro de santo Amaro de Oeiras.

-Capitão, temos que ouvir isto neste momento de gloria da nação?

Perguntou o lusonauta chalana.

-Sim meu companheiro, o Guterres ficou com o disco do vangelis.

Respondeu indignado o capitão.

-Ah... e não dá para ouvirmos os sex pistols? Eu vi a barriguita do lydon nas noticias e olhe que aquilo não são só pataniscas!!!

-Epá chalana, esses são americanos pá, são da concorencia meu bom amigo.

Desabafou o mestre num tom irado.

-Ah... então a rainha fuma kentuky!!! Já me posso pavonear de fumar mata ratos meu capitão!- Concluio o nosso lusonauta vaidoso ao olhar para o ecrã e ver o garrafão a descoberto e gritar:

-HÁ TINTO EM MARTE!!!

E o capitão também de olhos molhados e feliz a meter a mão no ombro do nosso incosolável heroi e lhe dizer:

-Por Zeus chalana, pega em dois copos e vamos para o laboratório.

-Oh meu capitão... mas se Zeus também bebe são necessários três copos e é só um garrafão!!!

Retorquiu cabisbaixo e triste o lusonauta.

-Fica em paz meu bom imediato, Zeus foi só um ponta de lança que nunca chegou a assinar mas fez muitas capas na bola, o nosso diário de bordo. Entendes?

Falou com carinho o capitão para acalmar o nosso heroi comovido.

-Vamos ver se descobrimos palhete meu companheiro- perguntou um efusivo capitão a um alegre saltitante heroi a gritar de alegria.

-Acha que a sonda ainda está em condições de operar meu capitão???

O que explica todas as crateras de marte...

E como vêm meus amigos, uma odisseia gloriosa. Agua??? Bebam os americanos!!!