quinta-feira, 24 de julho de 2008

para quem ler...

Eis o cantar de mais um fim de semana soando apenas como um banal rodopiar de andorinhas tontas a ecoar na procura de um ninho como de ciganos por um lar, mas os tiros já não os ouço e a segurança pintou discreta a vida de uma rua num bairro de subúrbio feito em serie no pós 25 de abril de 1974.
Os despojos que esquecemos na sanita, como um bigode por aparar ou um cigarro na boca no tal sitio proibido, na mesa, onde galheteiros já não ensaiam danças com copos a lembrar um chalana perdido no tal jogo amigo... lembras? Sem lembrar o Mantorras para entrar em campo e espalhar um eterno carinho à nação como um ricem nascido a puxar a placenta do útero da mãe???
Com estas regras respiras as novidades de um Sócrates que me capa os movimentos e te estreita a rua no andar em memoria de tempos idos... e a nós nos " junta jumentos juntinhos" a pastar de volta à erva dos três éfes como a enganar uma criança com doces...
Ou como falou Scolari.
-"encontrei um povo triste, muito retraído, com medo de sorrir e mostrar a sua alma. Mas um povo que sabe receber..."- e com esta canga ao ombro fiquei fodido!!! querem-me dar medalhas nunca corridas, títulos não cobiçados e sem o caminho da cunha ou sem o pudor da dama das camélias a brincar com a justiça portuga subi ao pódio, sou o anti Sócrates.
Um anti-cristo que se assoa no sudário na era dos lenços de papel, e dois mil anos depois dos romanos inventarem a religião cristã por falha de comunicação com os deuses gregos adoptados muito antes para justificarem uma civilização e controlar um povo, e não me fizeram Prometeu a roubar o calor ao Sol para dar vida aos humanos, mas disseram-me:
-Deves ter sido enrrabado pelo Sócrates em pequenino!?
E na resposta à obvia queda.
-Não fui; sou! Mas eu não gosto!!!- Isto porque vivo num país com 100 anos de republica num saco onde o primeiro-ministro acha que as noticias do dia são os morangos com açucar para o embalar, um pouco longe da novela real, e dormir a brincar como uma Alice no país das maravilhas a saltar à corda com o Hugo Chávez e a jogar à semana com o George W. Bush como quem lança um peão de dois bicos.

ps: o musico na foto é Rogério mendes aka Rogérinho que nos deixou no domingo. leiam este amigo em going up http://derterrorist.blogs.sapo.pt/

3 comentários:

simões disse...

foda-se zé! não conhecia esta tua veia poética-satirica!
gostei!
(obrigado pelo rogérinho)

Electrobot disse...

Também não conhecia esta tua faceta...gostei :D .

p.s. Ontem no teu estaminé esteve-se muito bem. E deu para perceber uma coisa...ás vezes eu e outros criticamos-te (eu tento fazê-lo sempre de forma construtiva), mas a verdade é que certas pessoas conseguem realmente ser muito CHATAS!!!E, tendo isso em conta, não me admira que por vezes as coisas não te corram melhor, e só passando por elas é que se percebe o porquê de as coisas serem como são. Um grande abraço, amigo.

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀
,