terça-feira, 4 de novembro de 2008

EU NÃO ME CURVO


O desespero que temos por novos líderes é embaraçoso, ridículo, pecaminoso... Fomos mais inteligentes, providenciais e cautelosos quando inventamos a religião. Quando inventamos a política deixamos os atributos na gaveta. Sempre fui fã de utopias e a religião é um utópico adereço que apenas os ignorantes alimentam e apenas os inteligentes parasitam... E com a evolução a politica tornou-se na nova inquisição, uma nova religião! Isto não é um pensamento anarca, os anarcas têm estilo, eu não...